trajanophoto-10.jpg

Ponto de Cultura
Cine Floresta Nossa

Criado em 2012, o Cine Floresta Nossa foi um projeto que ofertou oficinas de audiovisual, arte e cultura, envolvendo ações com adolescentes e jovens das comunidades no entorno do Alto da Boa Vista, oferecendo o ensino das práticas do audiovisual aliado à formação social, política e cultural. Em 2014, o projeto recebeu o reconhecimento do Ministério da Cultura como um importante espaço de produção e difusão de cultura, tornando-se o Ponto de Cultura Cine Floresta Nossa.

O Ponto de Cultura Cine Floresta Nossa atuou na articulação entre três áreas de formação: cultura, cinema e educação, atendendo adolescentes e jovens entre 12 e 17 anos e 11 meses, no contraturno escolar, oferecendo aos alunos um dinâmico processo de aprendizagem através do uso de diferentes linguagens que se articulam em torno do cinema, trabalhando fundamentalmente em quatro eixos:

 

 Oficina de criação em vídeo

Sarau Multimídia Turbilhão Poético Verde

Cineclube do Alto

Biblioteca/Centro de documentação do Alto. 

 

 

Oficina de Criação em Vídeo

A Oficina de Criação em Vídeo teve ênfase na prática audiovisual buscando a tomada de consciência das riquezas culturais e naturais do Alto da Boa Vista, com objetivo de ampliar a consciência sobre a importância da Floresta da Tijuca como patrimônio material e imaterial para as comunidades que ali vivem. As temáticas abordadas serão, portanto, a relação da natureza e da cultura local, pesquisando sobre a realidade contemporânea dos jovens, história da formação das comunidades e dos povos que até ali chegaram. A oficina trabalhou todos os aspectos da criação audiovisual, tais como:

 Ideia original,

Roteiro

Linguagem

Produção

Realização

 

Lançando mão, para tanto, além de técnicas audiovisuais, de aulas de atuação, música, artes plásticas e produção de eventos, sob aspectos teóricos e práticos. Tudo voltado para a realização dos filmes.

 

Sarau Multimídia Turbilhão Poético Verde

Para abarcar a totalidade dos elementos criativos que compõem a criação em vídeo, incluindo sua apresentação pública, os jovens, ao final de cada período de curso, realizaram o Turbilhão Poético Verde, onde apresentaram seus vídeos de forma itinerante, nas comunidades ou no espaço da Asbrinc. Este evento apresentou os filmes realizados e organizou outras atrações culturais como apresentações musicais, apresentações de dança, leitura de poesias, entre outros, trabalhando em rede com outros Pontos de Cultura e cineclubes. O Turbilhão Poético Verde, em uma de suas edições, contou com a presença dos artistas Jorge Mautner e Moacyr Luz

 

Cineclube do Alto

No intuito de fortalecer a ação autônoma de busca por conhecimentos, o Ponto de Cultura Cine Floresta Nossa, criou o Cineclube do Alto, com exibição de filmes brasileiros e estrangeiros acerca da temática popular, autóctone e seu enraizamento com a natureza. Como é de costume nas ações cineclubistas, o evento realizava debates após as sessões com convidados quando possível.

 

Biblioteca/Centro de documentação do Alto

A Biblioteca/Centro de Documentação do Alto teve foco no acervo bibliográfico sobre patrimônio material e imaterial do povo brasileiro. Sendo a principal fonte de referência para que os jovens estabelecessem relações entre o que pesquisam in loco, nas memórias dos vizinhos, familiares e amigos, com o que já foi escrito sobre o tema. Contando ainda, com o Centro de Documentação do Alto, espaço sobre a formação do bairro e da Floresta da Tijuca, com fotografias, documentos e manuscritos, com o intuito de pesquisa e reflexão partindo das questões locais, para debater os problemas globais na prática do exercício do audiovisual.

O Ponto de Cultura Cine Floresta Nossa contou ainda com a realização de oficinas de teatro, música, artes visuais e passeios culturais, como a ida à FLIP - Festa Literária das Periferias, CCBB/RJ, Museu do Açude e Museu de Arte Moderna. Em 2015, 2016, 2017 e 2018, os alunos do Cine tiveram a oportunidade de exibir os filmes ''Vila Palmeira'', ''Intolerância'', ''Laços e Diferenças'' e o videoclipe ''Meu Lugar'' realizado por eles, na Mostra Geração do Festival de Cinema do Rio. Confira as atividades realizadas através do nosso Canal no Youtube!

Atualmente a Asbrinc desenvolve o projeto Cine Floresta Nossa - Edição 2022, oficina de cinema popular realizada em parceria com a Ong Favela em Desenvolvimento , que oferece a formação cultural e educativa em criação audiovisual através das disciplinas:  

Mundo e Tecnologia 

Fotografia

Roteiro

Direção

Cinema e História

Produção e Direção de Arte

Edição

Criação e Gestão de Projeto Audiovisual 

O projeto é voltado para jovens em situação de risco social com idade entre 15 e 24 anos, e conta com uma equipe multidisciplinar que oferece um dinâmico processo de aprendizagem, com o intuito de promover a capacitação cultural e educacional na área do audiovisual, a capacitação crítica de análise da realidade social e a preparação para o mercado de trabalho. Serão 20 alunos formados ao longo de quatro meses, com total de 60h horas de atividades, com aulas de quatro horas de duração, realizadas aos sábados na sede da Favela em Desenvolvimento, localizada na comunidade do Mata Machado, no Alto da Boa Vista/RJ.

 

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom